domingo, 29 de junho de 2008

CLASSIFICADOS




Vendo vestido de noiva

Manchado de sangue

Dou um cavalo sem dentes

Que já foi ator de bang-bang

Arranjo cego em bom estado

Com bastante experiência

Reservo lugar numerado

Na fila da previdência


Família americana deixa

Pra quem quiser faturar

No quinto degrau da igreja

Uma fome parada no ar

Crianças recém-nascidas

Pra trabalhar no sinal

Meninos malabaristas

Duplicando seu capital


Por motivo de viagem

Faço negócio da china

Troco por boa massagem

O verdadeiro mapa da mina


Vendo bom formicida

Cura de qualquer paixão

Passo contrato de vida

Alugo um prato de feijão


De Gerson Deslandes,in Poetagem

3 comentários:

vero disse...

Também eu sou uma "apaixonada" por poesia, continuo sempre a escrever, não sei se algum dia irei parar...

Convido-o a conhecer o meu cantinho :)

Um bom Domingo
Beijinhos

Menina Marota disse...

Um quadro do quotidiano, que não se pode ignorar...

Fiu um prazer ler este poeta.

Bj e boa semana ;)

Anônimo disse...

Boa colecção de classificados!
Feitos com engenho e arte!
E com ironia bastante!
Gostei.

mc