terça-feira, 13 de novembro de 2007

OLHE AQUI,MR.BUSTER...


Este poema é dedicado a um americano

simpático,extrovertido e podre de rico,

em cuja casa estive poucos dias antes

da minha volta ao Brasil,depois de

cinco anos de Los Angeles,E.U.A.

Mr.Buster não podia compreender como é

que eu,tendo ainda o direito de permanecer

mais um ano na Califórnia,preferia,com

grande prejuízo financeiro,voltar para a

"Latin America",como dizia ele.

Eis aqui a explicação,que Mr.Buster certamente

não receberá,a não ser que esteja morto e esse

negócio de espiritismo funcione.

Olhe aqui,Mr.Buster:está muito certo

Que o Sr. tenha um apartamento em Park Avenue e uma casa em Beverly Hills.

Está muito certo que em seu apartamento de Park Avenue

O Sr. tenha um casaco de friso do Partenon,e no quintal de sua casa em Hollywood

Um poço de petróleo trabalhando de dia para lhe dar dinheiro e de noite para lhe dar insónia.

Está muito certo que em ambas as residências

O Sr. tenha geladeiras gigantescas capazes de conservar o seu preconceito racial

Por muitos anos a vir,e vacuum-cleaners com mais chupo

Que um beijo de Marilyn Monroe,e máquinas de lavar

Capazes de apagar a mancha de seu desgosto de ter posto

tanto dinheiro em vão na guerra da Coreia.

Está certo que em sua mesa as torradas saltem nervosamente de torradeiras automáticas

E suas portas se abram com célula fotoeléctica.Está muito certo

Que o Sr. tenha cinema em casa para os meninos verem filme de mocinho

Isto sem falar nos quatro aparelhos de televisão e na fabulosa hi-fi

Com alto-falantes espalhados por todos os andares inclusive nos banheiros

Está muito certo que a SrªBuster seja citada uma vez por mês por Elsa Maxwell

E tenha dois psiquiatras:um em Nova Iorque,outro em Los Angeles,para as duas estações do ano.

Está muito certo,Mr.Buster - o Sr.ainda acabará governador do seu Estado

E sem dúvida presidente de muitas companhias de petróleo,aço e consciências enlatadas.

Mas me diga sinceramente uma coisa,Mr.Buster:

O Sr. sabe lá o que é um choro de Pixinguinha?

O Sr. sabe lá o que é ter uma jabuticabeira no quintal?

O Sr. sabe lá o que é torcer pelo Botafogo?


De VINICIUS DE MORAES

2 comentários:

moitacarrasco disse...

Soberbo, como só os de um Vinicius...

(A vida de um buster deve ser um torpor inimaginável)

Codinome Beija-Flor disse...

Fantástico, e eu ainda arriscaria em dizer: " Sr. Buster, o senhor sabe lá o que é ser brasileiro?"
Abraços,
Esfinge